A indústria esportiva exige de seus profissionais muito mais do que apenas boa formação escolar e/ou acadêmica. Expressar engajamento, propor e realizar inovações e fazer a diferença é essencial para quem deseja construir uma carreira na área. Ou seja, as oportunidades são aproveitadas por pessoas capacitadas.

Se você possui um currículo bem composto, com cursos e especializações relevantes, suas chances serão bem maiores. Para o atual cenário, a profissionalização é uma necessidade, pois, além de conhecimento e qualificação, a indústria esportiva busca profissionais que possam se distinguir no mercado.

É sobre isso que falaremos no artigo de hoje! Vamos começar mostrando as principais características de um bom profissional para que você possa entender melhor porque é importante buscar profissionalização. Confira!

1. As 6 principais características de um bom profissional

Conhecimento especializado

Em primeiro lugar, um bom profissional é reconhecido por seus conhecimentos especializados. Em seu caminho rumo à profissionalização você deverá estabelecer um compromisso pessoal profundo para desenvolver e melhorar constantemente suas habilidades e obter a formação necessária para embasar seus conhecimentos.

Nem todos os segmentos da indústria esportiva possuem um núcleo estável de conhecimentos (e cursos superiores correspondentes) ou exigem formação superior para sua prática e, por isso, há excelentes profissionais no mercado que não possuem formação universitária.

O que importa, entretanto, é que você trabalhe de maneira séria e responsável, dominando os conhecimentos especializados necessários para obter sucesso em sua área de atuação dentro da indústria esportiva. Manter esses conhecimentos sempre atualizados permitirá a você continuar, por longos anos, oferecendo o melhor trabalho possível.

Competência

Ser profissional implica em cumprir sempre sua tarefa, ser confiável e manter suas promessas. Se surgirem circunstâncias que o impeçam de cumprir aquilo com o que se comprometeu, você será capaz de manter as expectativas e fazer o melhor ao seu alcance para corrigir a situação.

Profissionais não dão desculpas: eles focam em encontrar soluções.

Honestidade e integridade

Qualidades como honestidade e integridade são centrais para qualquer profissional respeitado. Isso significa manter a sua palavra e se tornar confiável por causa disso, além de nunca comprometer seus valores e fazer sempre a coisa certa (mesmo quando este for o caminho mais difícil).

Verdadeiros profissionais são humildes: se algum projeto ou tarefa estiver além de suas capacidades, eles não veem problema em admitir. Pedem ajuda quando necessário e estão sempre dispostos a aprender com os outros.

Responsabilidade

Os profissionais se responsabilizam por seus pensamentos, palavras e ações, especialmente quando cometem um erro. Essa responsabilidade pessoal está intimamente ligada à honestidade e à integridade que formam o escopo ético do profissionalismo.

Autocontrole

Essa característica aparece quando, mesmo sob intensa pressão, o profissionalismo é mantido. Ao relacionar-se com um cliente, chefe ou colega de trabalho irado, o verdadeiro profissional mantém uma atitude calma e propositiva, fazendo tudo ao seu alcance para resolver a situação da melhor forma em vez de ficar chateado.

Profissionais genuínos demonstram respeito pelas pessoas ao redor, independentemente de seus cargos ou posições. Exibem um alto grau de autocontrole, levando em consideração os sentimentos e necessidades dos outros, não deixando que problemas pessoais interfiram em suas atividades de trabalho.

Cuidado com a imagem

A imagem é um aspecto que não deve ser desconsiderado. Profissionais não aparecem para trabalhar mal vestidos ou com cabelos desgrenhados. Eles sabem a importância de se vestir adequadamente em cada situação para exalar confiança e merecer o respeito de quem os cerca.

2. Conhecimentos necessários para se tornar um profissional da indústria esportiva

Como você pôde ver a partir dessas características, os profissionais da indústria esportiva estão entre as pessoas mais respeitadas e valorizadas no mercado. Eles são um ativo valioso para as empresas e organizações em que atuam!

Aqueles que são reconhecidos como excelentes profissionais são os primeiros a serem considerados em promoções, recebem projetos e tarefas lucrativas e são, em geral, bem-sucedidos em suas carreiras.

A partir dos elementos que constituem o profissionalismo, veremos quais atitudes você deverá adotar para se tornar um excelente profissional:

Construa expertise

Não deixe que seu conhecimento e suas habilidades fiquem desatualizados. Faça um compromisso consigo mesmo para criar expertise. Busque informações para estar sempre atualizado quanto à indústria esportiva.

Desenvolva sua inteligência emocional

Como profissional, é muito importante que você possa sentir empatia pelas pessoas que trabalham ao seu lado e com as quais você se relaciona. Para oferecer a clientes e colegas de trabalho exatamente aquilo que precisam, é fundamental que você seja um bom ouvinte.

Se desejar atingir um alto nível de profissionalismo, concentre-se no desenvolvimento de sua inteligência emocional.

Honre seus compromissos

Sempre que realizar uma promessa a um chefe, colega ou cliente, faça todo o possível para mantê-la. Se parece que você não será capaz de cumprir o prazo ou realizar uma determinada ação, deixe aqueles que aguardam a realização da tarefa saibam assim que possível.

Todavia, evite entrar em uma situação assim e se comprometa apenas com aquilo que você sabe que conseguirá cumprir. Não se acostume a pedir desculpas — em vez disso, concentre-se em atender a todas as expectativas da melhor maneira possível.

Seja educado

Seja gentil, educado e demonstre bons modos a todos com os quais entrar em contato — seja qual for sua função específica. Isso pode soar como um clichê, mas causa um inegável impacto positivo, beneficiando sua imagem e a forma como as pessoas o veem.

Tenha as ferramentas de que precisa

Você não deve se apresentar a uma reunião de trabalho sem as ferramentas necessárias para cumprir bem suas tarefas. Prepare-se com antecedência e confira sempre seu material de trabalho para se assegurar que não deixou nada em casa. Evite assumir a realização de atividades para as quais não se sinta suficientemente apto.

Ao se tornar um bom profissional, você deverá estar sempre preparado. Isso requer planejamento, pontualidade e atenção. Foque na melhoria de sua gestão do tempo e esteja sempre no controle, impedindo que imprevistos o peguem de surpresa.

Como vimos, tornar-se um profissional na indústria dos esportes não é uma das mais fáceis tarefas. No entanto, além de aumentar suas chances de conseguir o trabalho dos sonhos, pode ajudar você a adicionar mais ao esporte, elevando o nível das atividades praticadas e premiando-o com um senso de realização impossível de se obter em outras áreas.

E então? Gostou do artigo? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades da indústria esportiva!

 

01

 

Leia também:

Qual o seu perfil de gestor esportivo?

5 motivos para se investir em curso de Gestão e Marketing Esportivo

Como aumentar minha experiência profissional?

03